Superliga Masculina

  • Crédito: Divulgação/CBV

    Com apoio dos torcedores, JF Vôlei espera ter um time competitivo na Superliga.

JF Vôlei divulga "vaquinha" online

Com dificuldades financeiras, time mineiro recorre ao financiamento para jogar a temporada
Por: Redação - 17/05/2016 10:43:11

Inovação, foi a palavra da noite no evento promovido pelo JF Vôlei, na última segunda-feira, no Independência Trade Hotel, Juiz de Fora, nas Minas Gerais. A equipe que escapou na repescagem do rebaixamento da Superliga 2015/16, lançou campanha de crowdfunding, ou, em português, financiamento coletivo. Além da diretoria, estiveram presentes na cerimônia membros da imprensa, empresários locais, representantes do projeto paulista de contribuição pela internet, “Colabore”, e torcedores do time.

A iniciativa, segundo Heglison Toledo, supervisor do JF Vôlei, é uma das frentes em que a diretoria trabalha para a viabilização da continuidade e do crescimento do projeto. "Precisamos criar novas alternativas. Continuamos correndo atrás de patrocinadores, mas confiamos muito na força da nossa torcida, que, com todas as dificuldades que enfrentamos, se mostrou extremamente fiel na temporada passada", explica.

A meta da campanha é arrecadar, em 90 dias, 100 mil reais para a formação do elenco da próxima temporada. Para colaborar, basta ao torcedor que acesse a página da ação, complete seu cadastro e escolha um valor para contribuir. As opções variam de R$30,00 a R$200,00, sendo que é possível, também, escolher uma quantia qualquer acima deste teto.

Recém-criada, a Colabore aposta no arrecadamento online para o mercado esportivo como estratégia competitiva. No lançamento, estiveram presentes pela empresa os executivos Marcelo Moraes, Fabiana Medina e Adriano Tegani. Este comentou sobre o potencial da parceria. "O JF Vôlei é um projeto inovador, que vai disputar sua sexta Superliga consecutiva. Usaremos o poder da internet e a paixão do torcedor a favor do time, para continuar o bom trabalho que vem sendo feito", afirmou Tegani.

No caso do esporte, o financiamento tem características um pouco diferentes das habituais. "Geralmente, há contrapartidas nas campanhas. Neste caso, é o bom desempenho da equipe na competição, ou, quem sabe, a conquista de um título para a cidade", finaliza.

Campanha negativa em 2015/16

Na temporada passada, o JF Vôlei terminou a fase de classificação da Superliga masculina na última posição, com 19 derrotas e três vitórias, sendo obrigado a disputar a repescagem contra o Copel Telecom Maringá Vôlei. Depois de três jogos, o time mineiro conseguiu permanecer na elite nacional em 2016/17.

Clique aqui para acessar o site da “vaquinha”.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade