Superliga Masculina

  • Crédito: Divulgação/Prefeitura São José dos Campos

    Campeões em 2014, time colocou cidade do interior de São Paulo no mapa do vôlei.
  • Crédito: Divulgação/São José Vôlei

    Sem recursos, time abdica de vaga para disputar temporada 2016/2017.

Crise faz time renunciar disputa da Superliga

Sem apoio da prefeitura, São José Vôlei anuncia que não irá disputar o próximo campeonato
Por: Redação - 13/06/2016 17:42:32

A crise financeira está afetando em cheio o voleibol nacional. Após o JF Vôlei criar uma página na internet para arrecadar recursos via crowdfunding para confirmar a sua participação na temporada 2016/2017 da Superliga, o São José Vôlei anunciou nesta segunda-feira que não irá participar da próxima edição do campeonato.

Sem o apoio financeiro da Fadenp (Fundo de Apoio ao Desporto Não-Profissional) da Prefeitura de São José dos Campos, a equipe do interior de São Paulo, que chegou à elite do voleibol nacional após ficar com o título da Superliga B, em 2014, afirmou não possuir os recursos necessários para arcar com o salário dos jogadores e demais custos envolvidos para a participação na competição.

A informação foi divulgada pelo gestor do São José Vôlei, Fernando Basílio, nesta segunda.

“Lamentamos muito abdicar da equipe de alto rendimento e da competição. Nos últimos anos, definimos um planejamento estratégico para a sustentabilidade da equipe. Desde então, trabalhamos de forma incessante na busca por parceiros. Não conseguimos a totalidade dos recursos para manter o time 100% pela iniciativa privada”, explicou.

A equipe já havia enviado um comunicado informando a desistência à CBV na última sexta-feira, dia 10, na data final do prazo dado pela entidade para as inscrições das equipes na nova temporada da Superliga.

Apesar da decisão, Basílio revelou que já tem conversas adiantas com empresas da cidade que mostraram interesse em apoiar o time e que pretende dar continuidade ao projeto de voleibol profissional na cidade.

“Chegamos aqui com muito trabalho. Toda a jornada que percorremos nos mostra que não podemos desistir do projeto e que é possível reconstruí-lo. Escrevemos uma história importante com o voleibol na cidade e estamos dispostos a viver tudo de novo para mais uma vez chegarmos à elite do esporte”, concluiu.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade