Superliga Feminina

  • Crédito: FeGaray

    Fê Garay é o novo reforço do Dentil Praia Clube.

Começou a dança das cadeiras

Equipes já trabalham para montar seus times e comissões técnicas para a temporada 2017/2018
Por: Redação - 13/04/2017 22:12:22
15.795 visualizações

A Superliga feminina 2017/2018 já começou, antes mesmo de a atual ter chegado ao fim. Os clubes já se movimentam para contratar e reformular suas comissões técnicas. O Dentil Praia Clube, por exemplo, definiu o reforço de Fernanda Garay para a próxima temporada. A ponteira vem atuando no voleibol chinês – no Guangdong Evergrande VC.

O clube de Uberlândia, porém, não deve renovar com o técnico Ricardo Picinin. Vice-campeã em 2016/2017, a equipe alega que o treinador não atingiu as metas estabelecidas nesta temporada. Além disso, enquanto Garay chega, algumas atletas devem se transferir. O Fluminense, por exemplo, estaria disposto a investir R$ 400 mil na atacante Michelle.

O tricolor carioca, aliás, planeja montar um time capaz de disputar título em 2017/2018. O clube subiu este ano para a elite e sentiu que a competição tem potencial para investir. O Genter Bauru é outro time que demonstra ter bala na agulha para a próxima temporada. Está mirando Paula Pequeno do Terracap/BRB/Brasília e Gabi, do Vôlei Nestlé.

Outro fator que pode influenciar na dança das cadeiras é a saída da Unilever da parceria Rexona-SESC. A expectativa é saber até onde o SESC, sozinho, terá poder para investir em reforços e manter suas principais estrelas. Mais um fiel na balança está relacionado com as mudanças no ranking feminino, e que se transformou até ação judicial.

Se as atletas conseguirem vencer a queda de braço pode haver o retorno de nomes como Thaísa e Natália, atualmente no exterior, e também é aguardada a volta de Sheilla, que está em período sabático. Porém, se prevalecer o novo ranking, pode ocorrer o movimento inversos, com a saída de atletas da Superliga 2017/2018.

Alheio a essa disputa, já que costuma montar equipes mais modestas, o Rio do Sul também iniciou o planejamento para a próxima temporada. O primeiro passo é montar uma carteira de patrocinadores. A boa notícia vem da renovação do patrocínio da Prefeitura de Rio do Sul, em Santa Catarina, e da multinacional Nutrifarma Saúde Animal, sediada em Taió-SC.

O coordenador da equipe, Nilo Borgonovo, salienta que as contratações só serão feitas após definir os apoiadores. “A montagem do elenco vai depender fundamentalmente de como será a oferta de patrocínio. O empresariado nos mostra muito interesse pela grande visibilidade que é o produto do vôlei na Superliga, mas ainda dependemos de respostas oficiais”, comentou.

Compartilhe



Veja também...

6 Comentários

  1. Luiz Carlos PeredaDiz:

    Gostaria escrever as novidades.

  2. Luiz Antonio de Toledo Diz:

    Adoro vôlei e gosto de ficar sabendo das últimas nividsdes

  3. arthurDiz:

    eu quero muito se um jogador de volei eu amo volei

  4. JoséDiz:

    Bora Hinode Barueri. A Cidade precisa de referências no esporte!!!

  5. nanci Diz:

    a equipe que conseguir manter as jogadoras desta temporada vão sair na frente.

  6. sergioDiz:

    Sinceramente, não falou nada que não se sabe.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

Publicidade
Publicidade
Publicidade