Superliga Feminina

  • Crédito: NORCEGA

    Antonio Rizola está na Copa Pan e assume o São Caetano depois do torneio na República Dominicana.

Técnico da Colômbia assume o SanCa

Antonio Rizola retorna ao São Caetano e volta a atuar na Superliga feminina depois de oito anos
Por: Redação - 10/07/2018 16:59:36
776 visualizações

O técnico Antonio Rizola vai comandar o São Cristovão Saúde/São Caetano na temporada 2018/2019 da Superliga feminina. O treinador de 59 anos trabalhou no clube entre 2006 e 2010 e, desde dezembro de 2016, comanda a seleção feminina da Colômbia.

O acordo do treinador com a seleção colombiana visa o ciclo olímpico até os Jogos de Tóquio 2020. Na segunda-feira, as colombianas fizeram um jogo duro com o Brasil na Copa Pan que acontece na República Dominicana, perdendo por 3 sets a 2.

Para a temporada 2018/2019, o São Cristóvão/São Caetano terá novamente um grupo jovem, mas que dará às suas jogadoras oportunidade de projeção no competitivo vôlei nacional. "Vamos jogar com uma equipe jovem, mas nele as atletas terão chances de projeção. Vamos brigar para estar no playoff da Superliga, entre as forças do vôlei feminino brasileiro", afirma Rizola.

No grupo de atletas que renovaram para 2018/2019 estão as pontas Sonaly Cidrão, 24 anos e 1,81 m, e Fernanda Tomé, 28 anos e 1,94 m, que se destacaram na temporada 2017/2018. “Gosto do jogo delas e do espírito competitivo”, acentua Rizola. O treinador já trabalhou com Fernanda, no Mackenzie, e acompanhou o trabalho das duas atletas nas seleções de base. A líbero Andressa Krachefski também renovou.

Entre as contratadas para a temporada, o treinador destaca Dayse Figueiredo, de 33 anos e 1,83 m, que atua como central e ponta, e que jogou pelo Vôlei Bauru, e a central Fernanda Isis, também de 33 anos e 1,85 m, que veio de Barueri. Também foram contratadas duas atletas da seleção colombiana: a levantadora Maria Alejandra Marin Verhelst, de 22 anos e 1,80 m, e a oposto Dayana Segovia Elles, de 22 anos e 1,84 m.

O time ainda é formado por jogadoras da base, como a central Diana Duarte Alecrim (1,92 m) e as ponteiras Karina Barbosa (1,79 m) e Duda de Oliveira (1,82 m), todas com 19 anos. Têm as levantadoras Ana Flávia Galvão, 21 anos, e Gabriela Pontes, de 19 anos, além da líbero Paulina Rogério de Souza. Kizi do Nascimento, oposta, de 18 anos e 1,89 m, é a caçula do grupo.

 

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade