Superliga Feminina

  • Crédito: Flávio Perez/On Board Sports

    Valentina Diouf fala que reencontrou o seu melhor voleibol no campeão paulista.

Renasci no SESI Bauru, afirma Diouf

Oposta já é o principal nome da equipe e afirma que no Brasil está evoluindo física e tecnicamente
Por: Redação - 07/11/2018 19:33:15
696 visualizações

Valentina Diouf, 25 anos, ganhou seu primeiro título no voleibol brasileiro, poucos meses depois de ser sido contratada pelo SESI Bauru. Campeã paulista, ela avalia que está reencontrando o melhor do seu voleibol e já admite voltar a defender a seleção da Itália.

Em entrevista ao La Gazzetta dello Sport disse que a experiência no Brasil está sendo fantástica e que deve melhorar ainda mais quando começar a Superliga feminina, dia 16 de novembro. “O nível é muito alto e estou achando muito bom”, diz.

A jogadora também afirma estar surpreendida com a forma como evoluiu fisicamente atuando no SESI Bauru. “Nós treinamos até três vezes por dia, fazemos peso diariamente. A prevenção é tudo. Eu mudei fisicamente. Estou mais magra e mais forte”, revela.

Com saudade da mãe e dos três gatos que deixou na Itália, Valentina Diouf afirma que só tem que tomar cuidado com o excesso de carne que existe na alimentação brasileira. "Tive que me tornar quase vegetariana para não exceder. Neste país, carne é um problema", diz.

Diouf afirma que no SESI Bauru reencontrou a vontade de jogar voleibol. "Eu me sinto bem, mais calma e com pensamentos positivos. Meu sorriso até voltou”, comenta. A oposta tem contrato com o SESI Bauru por uma temporada. “No final da temporada avaliaremos cenários futuros", conclui.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade