Liga das Nações - Masculino

  • Crédito: FIVB

    Maurício Borges: baixa sentida por toda a seleção, por ser peça estratégica na equipe.

Maurício Borges não enfrenta a Sérvia

Ponteiro sofreu estiramento no joelho direito, passou por ressonância e desfalca a seleção
Por: Redação - 05/07/2018 10:59:10

Nesta quinta-feira, o Brasil enfrenta a Sérvia, às 15h45 (horário de Brasília), sem um de seus principais jogadores. O ponteiro Maurício Borges está vetado da partida por conta de um estiramento no ligamento cruzado do joelho direito.

Quarta-feira, contra a França, ainda no terceiro set,o jogador sentiu fortes dores no joelho em um lance quando tentou se esquivar do saque adversário. A princípio, o médico da seleção, Ney Pecegueiro, diagnosticou uma entorse. Na manhã desta quinta, após se submeter a uma ressonância, saiu o diagnóstico definitivo.

No Instagram da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) foi postada a seguinte nota: “Após a torção no joelho, sofrida no jogo de ontem, o ponteiro Maurício Borges passou por exames na manhã desta quinta-feira, aqui em Lille, na França, e foi detectado um estiramento no ligamento cruzado. Maurício está fora da Liga das Nações. O ponteiro será reavaliado pelo médico da seleção, Dr. Ney Pecegueiro, na próxima semana, quando chegar ao Brasil.”

O técnico Renan Dal Zotto afirma que o time precisará ser reestruturado. “Perdemos Maurício Borges, uma peça fundamental dentro da estrutura tática do time. Vamos reestruturar e montar o time em função da Sérvia. Jogamos contra eles na primeira semana, na partida de estreia na Liga das Nações, vencemos por 3 sets a 0, mas sabemos que eles evoluíram muito ao longo da competição. Com certeza vai ser mais um jogo muito equilibrado, onde mais uma vez todos os fundamentos precisam funcionar”, comentou.

O capitão Bruninho comentou sobre a baixa na seleção. “Esperamos que o Maurício se recupere logo porque é um cara que nos ajuda muito, mas o Douglas (Souza) entrou muito bem e o Lucas Lóh está fazendo muito bem a parte dele. Nossos ponteiros ajudaram, mas nós somos uma equipe que trabalha sempre com os 14 jogadores”, afirma.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade