Liga das Nações - Masculino

  • Crédito: FIVB

    Egor Kliuka defenderá o título da VNL em 2019.
  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Stephen Boyer vai ajudar a França em busca do título da VNL 2019.
  • Crédito: FIVB

    Douglas Souza já é uma realidade no Brasil.

Cinco jovens talentos mundiais

Apresentamos cinco talentos jovens que estrão em ação pelas suas seleções na VNL 2019
Por: Redação e agências - 28/02/2019 18:25:20

A edição inaugural da Liga das Nações de Voleibol da FIVB em 2018 foi um marco importante para o esporte, destacando o melhor do esporte ao redor do mundo. Foi também a chance de algumas das jovens armas da competição mostrarem seu talento no cenário global.

Veja cinco jovens jogadores, que estarão defendendo suas seleções nesta edição de 2019 da VNL e que vale a pena ficar de olho:

Egor Kliuka teve um ano extraordinário em 2017, quando ajudou a Rússia a vencer o Campeonato Europeu. Ele assumiu um papel maior no ano seguinte, jogando ao lado dos melhores jogadores, como Maxim Mikhaylov e Dmitriy Muserskiy na conquista do título da primeira VNL. O atacante joga no Fakel Novy Urengoy, na divisão de elite da liga russa.

A França não esperou muito tempo para encontrar um substituto para o jogador Antonin Rouzier, que se aposentou depois dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Na Liga Mundial de Voleibol da FIVB de 2017, o jovem Stephen Boyer mostrou que era digno de ser o sucessor de Rouzier no lado direito, ao ajudar o time a ganhar o título pela segunda vez. No ano passado, na VNL, seus melhores desempenhos levaram seu time a terminar em segundo lugar.

Benjamin Patch está no programa de vôlei dos EUA desde que chegou à equipe de juniores em 2011. Ele se juntou à equipe nacional sênior em 2017 e foi um dos principais pontuadores da equipe na Liga Mundial. Ele jogou na VNL, mas foi afastado, na quarta semana, devido a uma lesão aguda, mas logo se recuperou para ajudar sua equipe a ganhar a medalha de bronze.

O brasileiro Douglas Souza fez parte da equipe que conquistou a medalha de prata na Liga Mundial de 2016 e a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio 2016. O jovem atacante tem tido convocações regulares na seleção nacional desde então. Ele joga no Funvic Taubate na Superliga Brasileira.

Artur Szalpuk tornou-se parte da seleção polonesa de Stephane Antiga em 2015. Ele fez sua estreia na Liga Mundial de 2015 e fez parte da equipe que conquistou o bronze na Copa do Mundo. O jovem contribuiu para a corrida da Polônia a uma defesa de título de sucesso no Campeonato Mundial da FIVB, na Itália. Atua no momento no PGE Skra Belchatow.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade