Liga das Nações - Masculino

  • Crédito: FIVB

    Olhar de decepção do francês Earvin Ngapeth, MVP da Liga Mundial em 2015.
  • Crédito: FIVB

    Torcida brasileira esteve presente na arena de Cracóvia, na Polônia.
  • Crédito: FIVB

    Unida, seleção brasileira masculina busca o 10º título da Liga Mundial.

Brasil vence França e se garante na final

Seleção masculina anula atual campeã e busca o decacampeonato da Liga Mundial
Por: Redação - 16/07/2016 18:26:40

Maior vencedor da história, o Brasil está em mais uma decisão da Liga Mundial. Buscando o decacampeonato, a seleção masculina teve uma verdadeira prova de fogo diante da França, atual campeã da competição, na tarde deste sábado, em partida válida pela semifinal, mas impôs sua qualidade técnica e venceu por 3 sets a 1 (25/16, 23/25, 28/26 e 33/31). O destaque da partida foi o oposto Wallace, que anotou 25 pontos. Na grande final, os comandados do técnico Bernardinho encaram a Sérvia, que pelo segundo ano consecutivo decide a Liga Mundial. 

França e Itália se enfrentam pelo terceiro lugar. A disputa por medalhas acontece neste domingo. O resultado marca o retorno do Brasil à decisão da Liga Mundial, que na temporada passada sediou no Rio de Janeiro o campeonato mas acumulou uma campanha discreta, sem disputar a fase semifinal.

Em 2016, na terceira fase de grupos da Liga Mundial, disputada em Nancy, na França, os brasileiros haviam vencido os franceses por 3 sets a 1 (25/21, 26/24, 22/25 e 25/21). Nesta tarde, em Cracóvia, na Polônia, o placar se repetiu. O primeiro set, vencido pelo Brasil por 25/16, apresentou uma falta impressão de que a vitória seria tranquila. As parciais seguintes foram marcadas pelo equilíbrio - principalmente a última.

No início do quarto set, a França esboçou uma reação e chegou a abrir 14/8. No entanto, com o central Éder no saque a seleção masculina anotou uma impressionante sequência de dez pontos consecutivos, e não apenas pulverizou a vantagem adversária como parecia ter encaminhado a vitória, com 20/16. Só que os franceses voltaram a crescer de produção e igualaram o marcador em 20/20. A etapa só foi decidida na casa dos 30 pontos, quando após erro não forçado francês o Brasil alcançou 33/31 e selou a vaga na decisão.

Veja os melhores momentos do jogo

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade