Liga das Nações - Feminino

  • Crédito: FIVB

    Gabi reforça a seleção brasileira na disputa da Final Six.

Gabi queria ter jogado antes, mas Zé segurou

Para ponteira, ela atuaria um jogo inteiro na fase classificatória, mas soube esperar
Por: Redação - 28/06/2018 14:39:46
1.621 visualizações

A ponteira Gabi, que pela primeira vez jogou três sets seguidos na competição, comentou sobre a atuação da seleção brasileira no duelo contra a Holanda, nesta sexta-feira, quando a seleção venceu por 3 sets a 0. “Estou muito feliz por ter conseguido jogar a partida inteira. Ainda preciso diminuir um pouco os erros, mas não tive dores durante todo o jogo. A equipe jogou muito bem e com confiança. Sabíamos que essa partida era fundamental pela possibilidade de nos colocar na semifinal. Esse primeiro passo foi muito importante”, diz.

Sobre sua recuperação física, a ponteira confessou que, por ela, teria jogado uma partida inteira antes. Porém, a comissão técnica a segurou. “A preparação do Zé (técnico José Roberto Guimarães) e da comissão técnica foi muito bem pensada para eu chegar bem nessa fase final. Algumas vezes eu queria jogar mais e eles me seguravam e falavam: no momento certo você vai nos ajudar ainda mais. Foi isso que aconteceu, mas ainda tem muito campeonato pela frente e agora é seguir focada”, explica.

A ponteira ainda fez uma análise sobre o duelo contra a China, nesta sexta-feira, às 9h30 (horário de Brasília). “A China é a grande favorita. Elas estão jogando em casa e terão o apoio da torcida. A Zhu na minha opinião é a melhor jogadora do mundo e a Lang Ping uma grande treinadora que arma muito bem o time. Esperamos fazer uma excelente partida”, afirma Gabi.

O treinador José Roberto Guimarães parabenizou o grupo brasileiro pela atuação contra a Holanda. “Estou orgulhoso da maneira que o time se comportou na partida contra a Holanda. Jogamos bem em quase todos os fundamentos. A Liga das Nações está sendo uma longa jornada. Essa é a sétima semana sem voltar para casa. Todos estão trabalhando duro diariamente. A energia desse time continua incrível”, comemora.

Final Six (horário de Brasília)
Nanquim-China
Quarta-feira
Grupo B
Estados Unidos 3 x 2 Turquia (17-25, 21-25, 25-21, 25-15, 15-11)
Grupo A
China 3 x 1 Holanda (20-25, 25-21, 25-22, 25-18)
Quinta-feira
Grupo B
Sérvia 2 x 3 Turquia (20-25, 25-21, 25-18, 19-25, 16-14) 
Grupo A
Brasil 3 x 0 Holanda (25-16, 25-17, 25-23) 
Sexta-feira
Grupo B
Estados Unidos x Sérvia, 4h
Grupo A
China x Brasil, 9h30
Sábado
1º do A x 2º do B, 4h
1º do B x 2º do A, 8h45
Domingo
Finalista 1 x Finalista 2, 8h

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade