Liga das Nações - Feminino

  • Crédito: FIVB

    José Roberto Guimarães elogia esforço das atletas, mas admite que não tinha time para ser campeão.

Zé Roberto admite limitações

Time baixo e contusões minaram a seleção feminina na disputa da Liga das Nações
Por: Redação - 01/07/2018 17:57:45

Sem medalha na primeira edição da Liga das Nações, a seleção brasileira feminina encerrou sua participação na 4ª colcoação, com 14 vitórias e cinco derrotas. O técnico José Roberto Guimarães admitiu as limitações do time nacional. "Temos um time baixo e que precisa de todas as jogadoras bem fisicamente para enfrentar as melhores equipes do mundo. Vimos nessa competição o nível que precisamos atingir para jogar contra as melhores seleções do mundo", diz.

Mesmo assim, o treinador elogiou o empenho das jogadoras. "Jogamos bem as duas primeiras partidas da Fase Final e depois o time sentiu a derrota para Turquia. A Liga das Nações serviu de aprendizado para esse grupo. As jogadoras se dedicaram muito, nosso time se superou e teve muita garra. Elas tentaram em todos os momentos. Saímos dessa competição de cabeça erguida", afirma.

A seleção volta ao Brasil e as jogadoras terão duas semanas de descanso. Depois se reapresentam para começar os trabalhos para o mundial, que acontece em setembro no Japão. “Sabíamos que a Liga das Nações seria um processo de treinamento para chegarmos nas melhores condições no mundial. Agora, elas vão descansar por duas semanas e depois vamos seguir na preparação para o mundial”, revela Zé Roberto.

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade