Liga das Nações - Feminino

  • Crédito: Divulgação/Vôlei Nestlé

    Cortada dos Jogos de Londres 2012, Camila Brait quer disputar os Jogos do Rio.
  • Crédito: Divulgação/Vôlei Nestlé

    Medalhista de Ouro em Londres 2012, Adenízia prevê disputa pela posição.
  • Crédito: Divulgação/CBV

    Dani Lins é um dos grandes nomes da lista do treinador Zé Roberto.
  • Crédito: Divulgação/Vôlei Nestlé

    Melhor jogadora do Grand Prix 2013, Thaísa ficou feliz com convocação.

Vôlei Nestlé tem quatro convocadas

Centrais Thaísa e Adenízia estão felizes, mas sabem que concorrência é grande
Por: Redação - 04/04/2016 15:38:51

José Roberto Guimarães divulgou as convocadas para a Seleção Brasileira nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro. O Vôlei Nestlé foi o segundo time com mais jogadoras na lista, quatro atletas no total. As centrais Thaísa e Adenízia, a levantadora Dani Lins, e a líbero Camila Brait, representam o time paulista na Seleção Brasileira e vão disputar o Grand Prix.

Eliminado pelo Rexona-Ades na semifinal da Superliga, o Vôlei Nestlé só não teve mais atletas na lista que o time carioca. Jogadora bicampeã olímpica, Thaísa estava ansiosa pela convocação. “O dia da convocação sempre gera uma grande expectativa e estar na lista é muito especial. A convocação coroa o que foi feito durante a temporada. Estar entre as escolhidas em um ano olímpico é ainda mais especial, principalmente, por ser uma Olimpíada no Brasil”, afirma.

Outra gigante jogadora que atua na posição de central, Adenízia está motivada com a convocação, mas sabe que a disputa pela posição será acirrada. “Fico muito honrada e sei que estou trabalhando duro e tenho muito a crescer e ajudar. Minha cabeça está extremamente focada para o Rio 2016 e é uma motivação a mais ser no nosso país com familiares e amigos por perto. Vou dar meu máximo e buscar minha vaga, pois tenho uma disputa difícil pela frente com Juciely e Carol, que estão muito bem e foram campeãs da Superliga”, diz.

A Seleção Brasileira feminina estreia no Grand Prix no dia 9 de junho, contra a Itália, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro. A competição de voleibol feminino dos Jogos Olímpicos do Rio começa no dia 6 de agosto.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade