Liga das Nações - Feminino

  • Crédito: FIVB

    O técnico José Roberto Guimarnães foi contra o pedido de dispensa de Monique.
  • Crédito: FIVB

    Monique durante jogo pelo Grand Prix 2015 contra a Sérvia.
  • Crédito: CBV

    Monique durante os treinos da Seleção em São José dos Pinhaís/PR.

Monique pede dispensa da seleção

Jogadora alega motivos pessoais para sua saída, contrariando José Roberto Guimarães
Por: Redação - 02/06/2016 01:13:21

Monique Pavão, oposta do Brasil, pediu dispensa da seleção feminina de vôlei que se prepara para a disputa do Grand Prix, a partir do próximo dia 9 de junho. A jogadora de 29 anos alegou motivos particulares para deixar o grupo.

A irmã gêmea de Monique, Michelle Pavão, algumas semanas atrás também havia pedido dispensa da seleção B, que disputa o torneio de Montreux, na Suíça. O Brasil conta agora, como opostas, somente com Sheilla e Tandara no elenco.

Segundo nota oficial da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), “o técnico José Roberto Guimarães foi abertamente contra a dispensa de Monique e ‘bateu o pé’ até o final para a permanência da atleta, cuja intenção de deixar a seleção foi preponderante”.

O Brasil estreia no Grand Prix de vôlei contra a Itália, no dia 9, às 14h10 (horário de Brasília). No grupo B, a seleção feminina ainda enfrentará Japão e Sérvia.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade