Olimpíadas

  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Argélia quer a terceira vaga consecutiva para os Jogos Olímpicos.
  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Seleção do Quênia não disputa as Olimpíadas desde Atenas 2004.
  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Colômbia representa o voleibol sul-americano no pré-olímpico.
  • Crédito: Divulgação/FIVB

    Anfitrião do torneio, Porto Rico quer vaga inédita para os Jogos Olímpicos.

Porto Rico recebe pré-olímpico feminino

Torneio mundial vai oferecer uma vaga para os Jogos Olímpicos do Rio 2016
Por: Redação - 19/05/2016 11:13:14

A última vaga para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro estará em disputa no pré-olímpico de Porto Rico, que será disputado entre os dias 20 e 22 de maio, em São José, no Ginásio Coliseu Roberto Clemente. As seleções que vão participar da competição são: Porto Rico (3º lugar no pré-olímpico NORCECA), Colômbia (3ª colocada no pré-olímpico da América do Sul), Quênia (vice-campeão do pré-olímpico da África) e Argélia (3ª no pré-olímpico da África).

O torneio será composto por equipes que fazem parte do grupo 2 e 3 do Grand Prix, que são consideradas as seleções de segundo e terceiro escalão do voleibol mundial. Entretanto, os participantes se destacaram nos últimos anos e alguns deles já participaram das Olimpíadas. O formato é de pontos corridos, todos jogam contra todos e o campeão garante uma vaga para as Olimpíadas do Rio 2016.

Porto Rico

Equipe com melhor colocação no ranking entre as participantes do pré-olímpico – 16º lugar –, Porto Rico conta com o apoio da sua torcida para se classificar pela primeira vez para as Olimpíadas. O retrospecto contra dois adversários que estarão no pré-olímpico durante o ciclo olímpico aumenta a confiança para que o objetivo seja alcançado. A Seleção Porto-Riquenha venceu em três oportunidades a Colômbia e duas vezes o Quênia.

Principal jogadora: Aurea Cruz (Ponteira).

Ranking da FIVB: 16º lugar.

Quênia

A Seleção do Quênia espera voltar aos Jogos Olímpicos depois de 12 anos, a última participação aconteceu em Atenas 2004, quando a seleção africana ficou na última posição. Para voltar ao palco da principal competição mundial, o Quênia quer surpreender o favoritismo e a torcida de Porto Rico. A conquista da vaga olímpica passa pelo talento da ponteira Violet Makuto, do Kenya Pipeline Company. A jogadora foi eleita a melhor bloqueadora do Campeonato Africano de Clubes.

Principal jogadora: Violet Makuto (Ponteira).

Ranking da FIVB: 18º lugar.

Argélia

A Seleção Argelina feminina já está acostumada a disputar o torneio olímpico. As argelinas estiveram presentes nas Olimpíadas de Pequim 2008 e Londres 2012, ficando na 11ª posição nas duas competições. Entretanto, 70% do elenco é formado por jovens jogadoras, mostrando que a experiência olímpica ficou com a última geração.

Principal jogadora: Safia Boukhima (Ponteira).

Ranking da FIVB: 21º lugar.

Colômbia

A Colômbia terminou na terceira posição no pré-olímpico sul-americano, em Bariloche, na Argentina. Com pouca experiência em torneio mundiais e com um plantel jovem – a capitã Maria Alejandra Marin tem apenas 21 anos -, a Colômbia se apega a tradição do voleibol sul-americano, para superar os adversários e conseguir disputar os Jogos Olímpicos pela primeira vez.

Principal jogadora: Maria Alejandra Marin (Ponteira).

Ranking da FIVB: 27º lugar.

Primeira Rodada do pré-olímpico:

Quênia x Colômbia
Porto Rico x Argélia

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade