Campeonato Mundial - Masculino

  • Crédito: FIVB.

    Eslovênia vence a Bélgica e aumenta a chance de classificação para fase final.

Próximo adversário do Brasil vence na estreia

Com vitória da Eslovênia sobre Bélgica, seleção brasileira pode garantir a classificação antecipada
Por: Redação - 21/09/2018 18:28:06
1.323 visualizações

Horas depois do Brasil garantir a primeira vitória na segunda fase do Campeonato Mundial, a Eslovênia bateu a Bélgica em sets diretos e confirmou mais três pontos no grupo F. Nesta sexta-feira, em Bologna, na Itália, a seleção eslovena contou com 31 pontos da dupla Klemen Cebulj/Mitja Gasparini e superou os belgas, por 3 sets a 0 (28/26, 28/26 e 25/19).

Com a quarta vitória em seis partidas no Campeonato Mundial disputado na Itália e na Bulgária, a primeira em sets diretos, a Eslovênia subiu para a segunda colocação do grupo F, com 12 pontos. Com isso, a seleção do Leste Europeu tem a oportunidade de ultrapassar o Brasil e assumir a liderança da chave.

Para isso acontecer, os eslovenos precisam vencer os brasileiros também por 3 sets a 0. Entretanto, o triunfo da Eslovênia também foi positivo para o Brasil, já que a equipe comandada por Renan Dal Zotto pode garantir a classificação de maneira antecipada à fase final de Turim, caso vença os eslovenos por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1. O jogo entre Brasil e Eslovênia acontece neste sábado, às 15h30 (horário de Brasília).

Italianos próximos da classificação

Para festa da torcida da casa em Milão, a Itália manteve a invencibilidade ao bater a Finlândia, por 3 sets a 0 (25/20, 25/18 e 25/16). Com a sexta vitória no Campeonato Mundial, a seleção italiana precisa de mais um ponto para garantir matematicamente o acesso à fase final que será disputada em Turim.

Neste sábado, às 16h15, os italianos, que somam 18 pontos, encaram a Rússia (13 pontos), adversário direto pela liderança do grupo E. Na estreia da segunda fase, os russos derrotaram os holandeses, por 3 sets a 0 (25/17, 25/16 e 25/21). Derrotada, a seleção holandesa está na terceira colocação, com 11 pontos, e joga diante da Finlândia, lanterna do grupo, com seis pontos.

No grupo G, os EUA venceram o Canadá (25/17, 25/14, 21/25 e 25/17) e estão a dois pontos de garantir a vaga na fase final. Neste sábado, às 14h40, os norte-americanos que somam 16 pontos, voltam à quadra em Sofia, na Bulgária, para jogar diante dos donos da casa, que também venceram na estreia a seleção iraniana, por 3 sets a 0 (25/19, 28/26 e 26/24), e têm 12 pontos na classificação.

No grupo H, em Varna, na Bulgária, a Argentina surpreendeu a Polônia e venceu os atuais campeões mundiais, de virada, por 3 sets a 2 (16/25, 25/19, 25/23, 23/25 e 16/14). Com o resultado, os argentinos vencem pela terceira vez, somam oito pontos e continuam com chances remotas de classificação.

No lado derrotado, os poloneses só dependem os próprios esforços para garantir a vaga na fase final de Turim. Os campeões mundiais continuam na liderança do grupo H, com 16 pontos, dois a mais da segunda colocada Sérvia, que aplicou a virada e derrotou os franceses, por 3 sets a 2 (22/25, 26/24, 25/20, 18/25 e 18/16). A França está na terceira posição, com 12 pontos.

Neste sábado, às 14h40, a Polônia encara os franceses. Antes, às 11h, a Sérvia enfrenta a Argentina.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade