Mundial de Clubes - Masculino

  • Crédito: Lube Civitanova/Twitter

    Juantorena e Leal estão entre os astros do Lube Civitanova, no mundial de clubes.

Clubes têm mais estrelas que seleções

Uma gama de grandes jogadores estará na Polônia, entre 26 de novembro e 2 de dezembro
Por: Redação - 14/11/2018 18:19:35
699 visualizações

Campeões mundiais, campeões olímpicos e campeões de Ligas Mundiais e do VNL 2018 estarão reunidos na Polônia, a partir de 26 de novembro. É quando começa o mundial de clubes masculino de 2018, e que, proporcionalmente, reúne mais astros que os torneios de seleções da FIVB.

O anfitrião polonês Skra Belchatow tem Mariusz Wlazly, 35 anos, que conduziu a Polônia ao seu primeiro título mundial, em 2014. O jogador atua há 15 anos no Skra Belchatow. Já o atual campeão, o russo Zenit Kazan, chega com Maxim Mikhaylov - MVP da Liga das Nações 2018 - e o francês Earvin Ngapeth, MVP Liga Mundial de 2017, em Curitiba.

O Zenit conta ainda com o norte-americano Matt Anderson, MVP na Copa do Mundo de 2015. Seu compatriota Taylor Sander foi eleito o melhor ponteiro-passador do VNL 2018 e reforça o Sada Cruzeiro, assim como o francês Kevin Le Roux, escolhido o melhor bloqueador da Liga Mundial de 2017. Sem contar os medalhistas olímpicos Evandro e Isac.

Já o russo Fakel Novy Urenguy tem como destaques Dmitry Volkov e Egor Kliuka, campeões da recente Liga das Nações 2018 pela Rússia. O segundo clube polonês no mundial, o Asseco Resovia Rzeszow, conta com Damian Schulz, campeão mundial recentemente na Itália, e Mateusz Mika, campeão mundial pela Polônia em 2014.

Não há, porém, nenhum clube que tenha mais astros que o italiano Lube Civitanova. A equipe é uma verdadeira seleção mundial. Tem os cubanos Osmany Juantorena, Leal e Simón e o levantador Bruninho. O também italiano Trentino rivaliza com Simone Giannelli, o sérvio Srecko Lisinac, o norte-americano Aaron Russel e o líbero francês Jenia Grebennikov.

Finalmente, o iraniano Khatam Ardakan tem como astro Shahram Mahmoudi. O jogador de 30 anos foi nomeado MVP três vezes do campeonato asiático.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade