+ Notícias

  • Crédito: Jornal do Oeste

    Camionete invadiu ginásio de Assis Chateaubriand e causou morte de Elder Coutinho.

Vingança motivou morte de ex-levantador Élder

Ao depor à polícia, esposa de atropelador revela relacionamento extraconjugal com secretário
Por: Redação - 09/07/2018 17:53:22
3.086 visualizações

Em depoimento à polícia, a mulher de Gilvane Bazanella Lulu, homem que na semana passada atropelou e matou Elder Coutinho - ex-levantador do Maringá Copel Telecom, e então secretário de esporte de Assis Chateaubriand, no Paraná -, revela que o crime foi motivado por vingança.

Dcheimy Janayna Baessa - diz o Jornal do Oeste, de Toledo-PR - depôs ao delegado que investiga o caso, Tiago da Silva Teixeira, e disse que em 3 de julho seu companheiro descobriu o relacionamento extraconjugal da mulher através de troca de mensagens via celular entre ela e Elder.

Ainda no depoimento, Dcheimy afirma que Gilvane não foi agressivo com ela e nem revelou seu plano de atropelar Elder. O crime ocorreu dia 5 de julho e foi a própria a mulher quem foi pegar Gilvane no ginásio de esporte de Assis Chateaubriand.

A polícia segue investigando o caso, para concluir o inquérito e remetê-lo à Justiça.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade