+ Notícias

  • Crédito: Rodrigo Ziebell

    Itambé Minas comemora o título da Copa Brasil.
  • Crédito: Rodrigo Ziebell

    Itambé Minas comemora o título da Copa Brasil.

Minas é campeão da Copa Brasil 2019

Em duelo mineiro, Minas vence o Praia, de virada e fatura a Copa Brasil pela primeira vez
Por: Redação e assessorias/CBV - 03/02/2019 13:52:11

O Itambé Minas (MG) é campeão da Copa Brasil feminina de vôlei pela primeira vez. Neste sábado (02.02), a equipe de Belo Horizonte (MG) superou o Dentil/Praia Clube (MG), de virada,  por 3 sets a 1 (16/25, 25/20, 25/21 e 25/18), no ginásio Perinão, em Gramado (RS). A decisão contou com um animado público que lotou o ginásio da cidade gaúcha. Ao todo 2056 pessoas acompanharam a partida decisiva.

A ponteira Natália foi a maior pontuadora do confronto decisivo, com 20 acertos. A ponteira Gabi, com 19, e a oposta Bruna, com 17, também se destacaram pelo time de Belo Horizonte (MG). Pelo lado do Dentil/Praia Clube, a oposta Fawcett marcou 16 pontos.

Ao final do duelo, a ponteira Natalia ressaltou a força do grupo e parabenizou as companheiras pela conquista.

“O principal fator desse título foi a garra do nosso time. Desde o início da temporada nós não temos só uma ou duas jogadoras para decidir as partidas. O nosso conjunto é que faz a diferença. Depois de um primeiro set ruim, conseguimos dar a volta por cima e fizemos um ótimo jogo. A equipe está de parabéns pelo segundo título da temporada, mas queremos mais”, disse Natália.

Um dos destaques do time mineiro na competição, a levantadora Macris destacou a superação das mineiras.

“Foi uma excelente partida e um título importante. Essa conquista foi marcada pela superação. Algumas jogadoras estão vindo de lesão e tiveram que se superar nos jogos. O nosso time jogou com alma e com o coração dentro da quadra. Estou muito feliz e orgulhosa”, afirmou Macris.

Pelo lado do Dentil/Praia Clube, o treinador Paulo Coco lamentou a derrota e falou da busca por consistência no time de Uberlândia (MG).

“Foi uma competição importante. Nós tivemos jogos difíceis e chegamos em mais uma final. Na partida de hoje, alternamos bons e maus momentos. Tivemos um início muito bom principalmente no volume de jogo, mas não conseguimos manter esse padrão nos outros sets. Perdemos na falta de equilíbrio e no volume de jogo, tanto na defesa quanto no contra-ataque, onde o Minas foi superior”, analisou Paulo Coco.

O JOGO

O Itambé Minas fez o primeiro ponto da partida. O time de Uberlândia se destacava no volume de jogo e abriu três pontos (8/5). Quando o Dentil/Praia Clube fez 11/7, o treinador Stefano Lavarini pediu tempo. A oposta Fawcett conseguiu um ponto com uma largada e as atuais campeãs da Superliga mantiveram cinco de vantagem (14/9). O treinador do Itambém Minas voltou a parar o jogo quando o Dentil/Praia Clube vencia por 18/12. A equipe do técnico Paulo Coco foi melhor até o final e venceu o primeiro set por 25/16.

O segundo set começou equilibrado. Numa bola de segunda da levantadora Lloyd, o time de Uberlândia fez 5/4. Com volume de jogo e velocidade, o Itambé Minas virou o marcador (9/8). Bem no bloqueio, o time de BH abriu dois pontos (11/9). O Itambé Minas cresceu no bloqueio e a diferença no placar subiu para sete pontos (19/12). O Itambé Minas segurou uma reação do time de Uberlândia e levou a melhor no segundo set por 25/20.

O Itambé Minas seguiu melhor no início do terceiro set e fez 6/3. Bem no saque, o time de Belo Horizonte aumentou a vantagem para quatro pontos (15/11). O Itambé Minas seguiu ditando o ritmo de jogo e a diferença no placar se manteve em quatro pontos (16/12). O Dentil/Praia Clube cresceu de produção e encostou no marcador (17/16). A oposta Fawcett fez um ponto de saque e deixou tudo igual na parcial (19/19). O Itambé Minas fez três pontos seguidos e a diferença aumentou para três pontos (22/19). O Itambé Minas segurou a vantagem e venceu o terceiro set por 25/21.

O quarto set começou equilibrado (5/5). A oposta Bruna conseguiu um ponto em um bonito ataque na diagonal e o time de Belo Horizonte abriu três (8/5). Neste momento, o treinador Paulo Coco pediu tempo. Com Bruna eficiente no ataque, a equipe do técnico Stefano Lavarini aumentou a vantagem para quatro pontos (13/9). O time de Belo Horizonte seguiu com destaque no bloqueio e fez 16/11. O Itambé Minas segurou uma reação do time de Uberlândia e venceu o quarto set por 25/18 e o jogo por 3 sets a 1.

Histórico da Copa Brasil

Esta foi a sexta edição da Copa Brasil. As duas primeiras edições, em 2007 e 2008, tiveram o Rexona-Ades (RJ) e Finasa/Osasco (SP) como campeões, respectivamente. O torneio voltou a ser disputado em 2014, e esta será a quinta edição consecutiva. Em 2018, vitória do Vôlei Nestlé (SP) sobre o Dentil/Praia Clube (MG) (veja todos os campeões abaixo).

TODOS OS CAMPEÕES DA COPA BRASIL FEMININA:   
2007 - Rexona-Ades (RJ), em Brusque (SC)
2008 - Finasa/Osasco (SP), em Curitiba (PR)
2014 - Molico/Nestlé (SP), em Maringá (PR)
2015 - E.C Pinheiros (SP), em Cuiabá (MT)
2016 - Sesc-RJ, em Campinas (SP)
2017 - Sesc-RJ, em Campinas (SP)
2018 - Vôlei Nestlé, em Lages (SC)
2019 – Itambé Minas (MG)

EQUIPES:

Dentil/Praia Clube  – Lloyd, Fawcett, Fê Garay, Rosamaria, Fabiana e Carol. Líbero – Suelen
Entraram – Michelle, Paula, Ananda e Laís
Técnico – Paulo Coco

Itambé Minas – Macris, Bruna, Natália, Gabi, Mara e Carol Gattaz. Líbero – Léia
Entraram – Bruninha, Lana, Geórgia,
Técnico – Stefano Lavarini
Quartas de final

22.01 (TERÇA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 1 Curitiba Vôlei (PR), às 19h30, no Praia Clube, em Uberlândia (MG) (20/25, 25/22, 25/18 e 25/15)

22.01 (TERÇA-FEIRA) – Minas Tênis Clube (MG) 3 x 1 Fluminense (RJ), às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (25/22, 25/17, 22/25 e 25/16)

22.01 (TERÇA-FEIRA) – Hinode Barueri (SP) 1 x 3 Osasco-Audax (SP), ás 19h30, no José Correa, em Barueri (SP) (25/19, 25/19, 25/21 e 25/20)

22.01 (TERÇA-FEIRA) – Sesi Vôlei Bauru (SP) 3 x 2 Sesc RJ, às 19h30, no Ginásio Municipal Neusa Galetti, em Marília (SP) (25/13, 16/25, 25/20, 20/25 e 15/13)

Semifinal

01.02 (SEXTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube 3 x 2 Sesi Vôlei Bauru, às 19h30, no Perinão, em Gramado (RS) – SPORTV 2 (24/26, 25/21, 25/14, 21/25 e 15/11)

01.02 (SEXTA-FEIRA) – Minas Tênis Clube 3 x 1 Osasco-Audax, às 21h30, no Perinão, em Gramado (RS) – SPORTV 2 (25/21, 17/25, 25/22 e 25/16)

Final

02.02 (SÁBADO) – Dentil/Praia Clube (MG) 1 x 3 Minas Tênis Clube (MG), às 21h30, no Perinão, em Gramado (RS) – SPORTV 2 (25/16, 20/25, 21/25 e 18/25)

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade