+ Notícias

  • Crédito: Fluminense

    Fluminense superou o favoritismo do Rexona-Sesc, na quinta-feira à noite.

Fluminense campeão carioca

Tricolor ganha campeonato em partida disputada contra o Rexona-Sesc, e decidida no tie-break
Por: Redação - 30/09/2016 16:34:02

O Fluminense sagrou-se campeão carioca de 2016 ao vencer o Rexona-Sesc por 3 sets a 2 (25-23, 13-25, 21-25, 25-20 e 16-14), na noite de quinta-feira. Visivelmente emocionada, a capitã Sassá falou sobre a conquista. “Nós acreditamos sempre. Eu me lesionei, mas não desisti. Quis entrar. Sabia que dentro de quadra o espírito de equipe falaria mais alto. Treinamos muito, buscamos o que parecia impossível. Chegamos até a final sabendo do favoritismo do time de Bernardinho, e vencemos. É uma emoção imensa”, afirmou.

Agora, o Fluminense se prepara para a estreia na Superliga feminina, no dia 31 de outubro, quando enfrenta novamente o Rexona-SESC. O técnico Hylmer Dias comandou o elenco, formado por Ju Costa, Julia Moura, Juliana Odilon, Natasha Valente, Sassá, Bia Rezende, Edna Bugmann, Lara Nobre, Letícia Hage, Jordane Tolentino, Nathália Daneliczin, Priscila Heldes, Arianne Tolentino, Renata Colombo, Ju Perdigão e Kika Motta.

Ao final do jogo a ponteira Gabi reconheceu que o Rexona-Sesc cometeu erros em momentos cruciais da partida, mas que servirá de lição para o restante da temporada. “A gente sabia que seria difícil. Temos que parabenizar o Fluminense, que fez um ótimo jogo e acreditou até o final. O time cometeu muitos erros e falhamos em uma hora decisiva. Elas se aproveitaram disso e nós vamos aprender com o resultado. Fica uma grande lição. Agora é trabalhar duro e focar na Supercopa e no Mundial”, diz.

O Rexona-Sesc volta às quadras na próxima semana. O time carioca enfrentará o Praia Clube, em Uberlândia, às 18h15, pelo título da Supercopa. O Rexona-Sesc é o atual campeão da competição.

Outro jogo

O BRB/Brasília Vôlei jogou contra o Rio do Sul/Equibrasil na noite de quinta-feira, em Marechal Cândido Rondon-PR. A equipe do Distrito Federal venceu por 3 sets a 0. As parciais foram 25/12, 27/25 e 25/22. Esse foi o primeiro da série de três amistosos. Os demais serão disputados em Cascavel. Contra um dos rivais da Superliga 2016/2017, o Brasília entrou em quadra com a levantadora Macrís, as ponteiras Paula Pequeno e Amanda, as centrais Roberta e Vivian, a oposta Andréia e a líbero Silvana.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade